RITA ROQUETE ANDRADE

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

MAIS CONHECIDA COMO

- RITA ROCKET

- THE RIT

Sem dúvida das mulheres mais fortes que andam aí. A Rita é um pequeno tractor. Joga de igual para igual com muitos hall of famers nos exercícios corpo a corpo e agacha e afunda qualquer gajo sem cerimónias. Sempre lá. Sempre a primeira a chegar e a última a sair. Já sabes que ninguém nasce a agachar pessoas com mais 20 ou 30kg. Forma, juntamente com a Sílvia, a dupla feminina mais dura das ruas de Lisboa.

No entanto, a Rita representa muitas vezes um problema nos treinos, porque abana o ego de homens que se acham fisicamente capazes. Nada como seres tratado como um saco de batatas para repetições quando mal podes com o peso do teu próprio corpo. Mas daqui tiramos duas importantes lições: "há sempre, por aí, uma pessoa que aquece com o teu máximo" e "o ego deve ser deixado fora dos treinos". Se não aceitares bem que há uma miúda mais forte do que tu, não vais lá treinar. Se não fores lá treinar, não vais ser forte*. Se não fores forte, é uma bela merda. Deixemo-nos de preconceitos sociais e preocupemo-nos com o que realmente interessa: treinar. Ela vai estar lá à tua espera. 

Música preferida: "Listen" - Beyonce

*Forte - ˈfɔrt(ə) - masculino

(latim fortis, forte)
Adjectivo de dois géneros

1. Indivíduo fisicamente capaz de produzir elevados níveis força e de se mover de forma irrestrita.

2. Que vai treinar todos os dias com intuito de se superar a si mesmo.

3. Resiliente em desistir de desafios inicialmente insuperáveis.

4. Sólido, consistente.

5. Sério, honesto, humilde, educado, assíduo, pontual. 

    Exemplo: "Vais treinar todos os dias com aqueles gajos outduros? Epah, és muito forte!"